Inicio »

Transformando Negócios com IA e Dados: principais insights do Looqday 2023

Transformando Negócios com IA e Dados: principais insights do Looqday 2023

Para você que não participou do Looqday 2023, compilamos os principais insights e temas discutidos em todas as palestras.

Sofia Pirani
Sofia Pirani

05/09 |

Leitura: 9 min

Imagine-se em um cenário onde o futuro se desdobra diante dos seus olhos, onde especialistas brilhantes do mercado compartilham suas visões e onde a inovação é a estrela principal.

O Looqday é um evento anual organizado pela Looqbox, startup de Business Intelligence (BI), que ocorreu no dia 30 de agosto de 2023 na Amcham em São Paulo. O encontro contou com cerca de 400 participantes de mais de 200 empresas diferentes em uma imersão sobre o mundo dos negócios, inteligência de dados e inovação com experts do mercado.

Para você que não participou do evento, consolidamos os principais insights e temas discutidos em cada palestra. Bem-vindos ao Looqday 2023!

A Arte de GPTear na vida e nos negócios (Looqbox)

Na abertura do evento, contamos com Rodrigo Murta, Cofundador e CEO do Looqbox, que compartilhou insights valiosos sobre inteligência artificial (IA), em particular o ChatGPT.

Murta nos mostrou que o GPT não se trata apenas de fazer uma pergunta e obter uma resposta direta. É uma arte de aperfeiçoar o prompt escrito até alcançar a resposta ideal. Ele apresentou diversos exemplos, desde mensagens bem-humoradas para amigos até tópicos do dia a dia de trabalho, ilustrando como essa técnica pode ser aplicada em diversas situações.

Rodrigo revelou que o Looqbox tem utilizado a inteligência artificial por uma década, mostrando que a IA não é somente hype e que pode ser usada em várias áreas da empresa.

O Impacto Transformador da IA e o Desafio do Reskilling e Upskilling (Ambev)

Na palestra de Daniel Cassiano, Diretor Sênior de Data & Analytics da Ambev, aprendemos sobre como a inteligência artificial está impactando as operações de uma grande cervejaria.

Cassiano compartilhou insights práticos e exemplos concretos do que estão fazendo na sua empresa. Um deles é o CICLOP, sistema que usa IA para identificar produtos por meio de câmeras. Isso auxiliou a Ambev a transformá-las em assistentes inteligentes, possibilitando a identificação de placas, tipo de veículo, espaços dentro do caminhão e quais produtos estão dentro deles.

Ele complementou esse pensamento provocando se é necessário treinar os funcionários para se adaptarem a essas tecnologias em seus cargos atuais (Upsklling) ou ensiná-los habilidades para que assumam novos cargos relacionados a IA (Reskilling).

A mensagem central do palestrante foi que ter acesso à inteligência artificial é importante, mas saber como usá-la de forma eficaz é crucial. Simplesmente incorporar IA nos processos sem entender como ela funciona pode ser ineficiente.

Computação Quântica: Do Futuro Distante à Realidade Empolgante (IBM)

Em seguida, contamos com a presença de Ana Paula Appel, Cientista de Dados Sênior e Embaixadora de Quantum na IBM. Se você pensa que a computação quântica é algo distante e futurístico, prepare-se: ela já está aqui, em desenvolvimento e sendo explorada por empresas.

Embora ainda não tenhamos aplicações em produção prontas para uso cotidiano, é crucial começar a nos familiarizar com o tema. A velocidade das inovações tecnológicas está aumentando, e, quando a computação quântica for amplamente adotada pelas empresas, é vital estarmos preparados.

IA geracional e ChatGPT: Simplificando Processos e Ampliando o Conhecimento nas Empresas (Casa do Construtor, BigDay e Looqbox)

Nesse painel, apresentado por Julio da Mata, Gerente de Operações da Casa do Construtor, Rodrigo Murta, e Bruno Brambilla, CEO da BigDay, entendemos como o IA geracional e o ChatGPT estão impactando as empresas, ilustrado pelo caso de sucesso da Casa do Construtor com a plataforma Looqbox.

A Casa do Construtor se beneficia da Looqbox para simplificar suas tarefas diárias. Imagine só: um vendedor na ponta da operação está atendendo um cliente. Ele pode fazer qualquer pergunta diretamente na ferramenta, como “Como quebrar uma parede de concreto?” e, em questão de segundos, receber uma explicação detalhada e relevante. É como ter um assistente virtual pronto para fornecer informações a qualquer momento e isso contribui para a qualidade do atendimento ao cliente, tornando-o mais eficaz e rápido.

Esse exemplo destaca como a IA não apenas aprimora a eficiência operacional, mas também torna o conhecimento acessível de forma instantânea e intuitiva. Isso economiza tempo e capacita os funcionários a obterem respostas rápidas e precisas para suas perguntas, contribuindo para uma tomada de decisão mais informada e eficaz.

O Papel Crucial dos Dados na Era da IA (Exame)

Na palestra de Izabela Anholett, CTO da Exame, ficou claro como podemos potencializar nossos negócios com a IA. Izabela revelou os três principais desafios encontrados dentro da Exame quando a tecnologia foi colocada para funcionar na empresa.

1. IA não se resume apenas ao ChatGPT, mas abrange todo um espectro de tecnologias. Estamos falando de Machine Learning, Deep Learning, RPA (Automatização), NLP (Processamento de Linguagem Natural) e Robotização. Cada uma dessas áreas tem seu papel e valores próprios.

2. Dados são vitais. IAs possuem a capacidade de aprender e tomar decisões com base nas informações coletadas. Portanto, ter dados precisos é essencial para essa revolução tecnológica. Em 2022, 34% das tarefas já eram executadas por máquinas, e a previsão para 2027 é que esse número suba para 43% (Future of Jobs WEF 2023).

3. Façam algo com IA. É muito importante entender qual é a necessidade do seu negócio e mapear como a IA pode ser utilizada em seus processos. De acordo com Future of Jobs WEF 2023, 75% planejam adotar as tecnologias de Big Data e AI nos próximos 5 anos. O futuro dos negócios está interligado com a IA, e é hora de abraçar essa transformação com consciência e clareza.

Os 3 Cs de BI (Looqbox)

Daniel Murta, Cofundador e CTO Looqbox, compartilhou insights valiosos sobre como a plataforma busca democratizar o acesso às informações nas empresas. Uma das principais mensagens é que mexer com dados não precisa ser difícil. Aqui estão os três Cs que definem a abordagem Looqbox:

1. Conexão com Dados: Subir seus próprios dados de forma intuitiva e rápida.

2. Configuração de Relatórios: Dar mais autonomia ao usuário administrativo e possibilitar uma configuração mais fluida.

3. Conversar com as informações: Possibilitar simplicidade na hora de consultar dados.

Daniel lançou um convite empolgante: o Looqbox 2023.4. Nessa nova versão, os usuários poderão fazer o upload de dados diretamente de Excel e CSV, desfrutar de uma interface de usuário renovada, explorar avanços na IA de compreensão de linguagem natural, acessar novos recursos de visualização e configurar tudo isso sem a necessidade de codificação.

O lançamento oficial será no dia 16 de outubro, clique aqui para ficar por dentro dessa novidade.

Lições de uma Jornada Rumo à Cultura Data-Driven (Santander e Hortifruti)

No segundo painel ‘Cultura de Dados para Todos Faz Sentido?’, tivemos a oportunidade de ouvir Lais Alvarenga, Gerente de Analytics do Santander, e Carlos Leite, CDO do Hortifruti, compartilhando suas experiências bem-sucedidas com o Looqbox.

Lais destacou a importância de democratizar os dados de forma consciente e segura. Ela enfatizou que, quando feito corretamente e com segurança, não há desvantagens em disponibilizar dados dentro de uma empresa. A democratização dos dados pode impulsionar a eficiência, agilidade nos negócios e abrir portas para a inovação. Ela também destacou como a cultura data-driven está ganhando destaque no Santander, permitindo que especialistas e funcionários de diversas áreas tomem decisões estratégicas de forma mais independente.

Carlos Leite enfatizou que a transformação cultural em torno dos dados é uma jornada que envolve desafios, persistência e convencimento. Em um mundo caracterizado pela incerteza, ele destacou a importância de discutir tecnologia, inovação e dados como pilares fundamentais para o sucesso nos negócios.

Integrando IA Generativa e Dados: O Futuro da Inovação Empresarial (IBM)

Fabiana Schurhaus, diretora do Time Técnico de Tecnologia da IBM, trouxe uma provocação importante: não devemos adotar a IA apenas por adotar, mas sim utilizá-la para criar valor tangível.

Schurhaus destacou que colocar a IA no cerne do negócio está revolucionando a forma como conduzimos nossas operações. Com o crescimento exponencial da IA generativa, a grande questão é como vamos integrar essa tecnologia com os dados existentes. Essa conexão é essencial para desbloquear o potencial total da IA e elevar a experiência do cliente a um novo patamar.

Reflexões sobre a Inteligência Artificial com Mário Sérgio Cortella

Para encerrar nosso evento de maneira memorável, tivemos a honra de receber Mário Sérgio Cortella, um renomado filósofo, palestrante e educador, que nos trouxe uma série de reflexões profundas sobre a inteligência artificial (IA) e sua relação com a humanidade.

Cortella nos conduziu a uma reflexão por meio da história fictícia de Emília, uma personagem que, como muitos de nós, experimentou os impactos da tecnologia em sua vida profissional. Embora tenha visto sua produtividade aumentar ao migrar da máquina de escrever para o PC, isso não representou uma igual melhoria em sua condição financeira.

Uma das principais mensagens que Cortella nos trouxe foi que a tecnologia deve servir a nós, seres humanos, e não nos excluir ou segregar. Ele enfatizou que nem toda evolução é necessariamente positiva e, com seu toque de ironia, brincou com a expressão técnica comumente encontrada em laudos de óbito: “Evoluiu para o óbito.” Ele nos lembrou que essa certamente não é a forma de evolução que desejamos para nós mesmos.

As palavras de Mário Sérgio Cortella nos convidam a profundos questionamentos sobre como estamos lidando com a IA e a tecnologia em nossas vidas. É um chamado para agirmos de forma consciente e responsável em meio às transformações que o futuro nos reserva. Conheça mais a fundo sua palestra.

Conclusão

Em um evento dinâmico como o Looqday, onde dados e IA falam a sua língua, ficou claro que estamos vivenciando uma era empolgante de transformação empresarial.

O evento enfatizou que não se trata apenas de implementar tecnologias por modismo, mas sim de integrar essas soluções de maneira consciente e eficaz para se alcançar os resultados desejados. Afinal, a IA e os dados estão redefinindo a forma como as empresas operam e se conectam com seus públicos. É um lembrete poderoso de que os dados e a IA realmente falam a língua dos negócios.

Até o próximo Looqday!

Compartilhar

Autor

Sofia Pirani

Sofia, formada em comunicação pela ESPM, atua na área de marketing com experiência em mídias sociais, estatégias de conteúdo e planejamento. Hoje trabalha como assistente de marketing no Looqbox, dando auxílio para diversos projetos.

Se inscreva em nossa Newsletter!

Posts relacionados

Aprenda o que é processamento de dados, como funciona, quais as principais etapas e diferentes tipos para alcançar o sucesso em várias áreas de uma empresa.
Inteligência artificial desafia as normas ao recomendar a substituição de seu CEO, mergulhando startup tecnológica em um dilema ético e operacional.
Explore as características distintas das tecnologias de OLTP e OLAP, compreendendo como cada uma desempenha um papel vital no universo da gestão de dados.
Imagem banner Data Trends

Pesquisa Data Trends 2024

Confira nossa pesquisa, realizada em parceria com o Opinion Box, sobre o uso de dados nas empresas brasileiras e descubra as tendências mais relevantes do setor.